Mensagens

A mostrar mensagens de Junho, 2009

SEMINÁRIO DE TREINO POSITIVO E TÉCNICAS DE CLICKER

Imagem
TREINO E AVALIAÇÃO DE
COMPORTAMENTO CANINO
Cláudia Estanislau – Treinadora Especialista
em Comportamento
Canino (Diploma DTBC
pela CASI Institute Canada)


SEMINÁRIO DE TREINO POSITIVO E TÉCNICAS DE CLICKER

25 e 26 Julho 2009 10:30 - 13:00 e 15:00 - 18:00
Vila de Cucujães, Sede do Corpo Nacional de Escutas – Agrupamento 24

A Escola It’s All About Dogs e a APDASC (www.apdasc.com) organizam pela primeira vez um seminário de técnicas de treino caninas.

Este seminário tem como principal intuito o ensino das técnicas de clicker e métodos de treino positivos. É um seminário que pode ser participado por qualquer pessoa, desde donos de cães, a treinadores, veterinários e profissionais do mundo da canicultura.

Os temas incluem:

Técnicas de treino positivas
Técnicas de treino tradicionais
Consequências do uso de técnicas de treino tradicionais
Esclarecimento de termos como “flooding” e“learned Helplessness”
Exemplos práticos de técnicas de treino positivas
Clicker o que é? Qual a sua funcionalidade
Condicionamento…

Sem rótulos por Alexandra Santos

Imagem
Tentamos explicar muitos dos comportamentos dos nossos cães recorrendo a rótulos – roeu o sofá porque é vingativo. . . escondeu-se quando cheguei a casa porque sabe que fez asneira. . . rosnou-me quando me aproximei da comida porque é dominante. . .

Não sabendo analisar correctamente o que motiva os nossos cães a fazerem o que fazem, é normal encontrarmos algum conforto nos rótulos, pois sabemos o que significam e as nossas perguntas não ficam sem resposta. Sabemos o significado de ‘vingativo’, de ‘fazer asneira’, de ‘dominância’ (pensamos nós). Mas será que os rótulos têm alguma utilidade na modificação de comportamentos problemáticos? Se dissermos que o nosso cão rosna quando nos aproximamos da comida porque é dominante, qual é a solução do problema? Torná-lo menos dominante? E ao tornarmos um cão menos dominante não estaremos nós a ‘mexer’ numa série de comportamentos que não são problemáticos, deixando o comportamento problemático por resolver? Por mais confortantes que os rótulos …

Modificar comportamentos agressivos através do castigo por Emma Parsons

Imagem
Porque é que o castigo não resulta?? Extracto do livro por Emma Parsons, Click to Calm the Agressive Dog um livro que retrata a modificação comportamental de cães agressivos através do método do clicker e reforço positivo.


Comportamentos agressivos são difíceis de modificar, em parte porque estes normalmente evocam uma resposta emocional na pessoa. Embora a agressão seja um comportamento canino perfeitamente natural, assusta e embaraça as pessoas. Por vezes parece até um insulto pessoal para os donos que têm orgulho e tomam excelente cuidado dos seus cães. Comportamentos agressivos são complicados para nós: nós sabemos que um cão que morde é inaceitável, mas este cão é o nosso cão e nós sentimo-nos compelidos a ajudá-lo. A nossa responsabilidade pela vida dos nossos animais nunca é tão forte quando nos confrontamos com comportamentos agressivos crónicos.

Não é portanto de admirar, que procuremos métodos que parecem garantir soluções rápidas. O castigo físico parece ser a resposta óbvia.…

Porque com o treino positivo não existem limites

Foi no blog da incrível Susan Garrett (para quem não conhece, uma das "sumidades" do agility mundial) que encontrei os vídeos da Donna a treinar os seus cães. Apesar de eu ser uma devota seguidora de todos os métodos e técnicas positivas que enaltecem a ligação entre dono e cão e permitem ensinar tudo a qualquer cão brincando todo o tempo, até eu ainda hoje me maravilho com o que este tipo de técnicas permitem fazer. Eu nunca pensei colocar a questão, aos treinadores que acreditam que apenas com uso de coleiras, puxões e choques eléctricos se ensinam os nossos companheiros caninos, como fariam se simplesmente não pudessem fisicamente castigar os vosso cães?? Observem os vídeos e inspirem-se, treinem os vossos cães brincando com eles. O treino deve ser uma brincadeira, um momento de prazer, e quem vê a dona com os seus cães sejam eles border collies ou Dobermanns, vê uma "dança" de cumplicidade e respeito que nenhuma coleira de bicos ou estranguladora poderá alguma …