Amem o cão pelo que ele é, e não pelo que gostavam que ele fosse

O respeito pelo animal e o amor pelo mesmo, leva a que cada vez mais treinadores e criadores que investem tudo num animal, aprendam a aceitar o mesmo pelo que ele é, e não pelas expectativas que se projecta no mesmo.

Pessoalmente acho um abuso (sim abuso) que se usem quaisquer tipos de métodos aversivos num cão só porque queremos que ele faça algo que o mesmo não faz, por exemplo, usar vedações eléctricas para impedir que o cão não saia do quintal, ao invés de construir uma vedação, usar uma estranguladora ou coleira de bicos para "consolidar" (palavras de alguns proponentes destes instrumentos de treino) comportamentos, e entenda-se consolidar por fazer deitas mais rápidos, heels mais perfeitos, etc.. para que o condutor ganhe as medalhas.
Usar métodos de treino que causem desconforto, medo, dor ou ansiedade no cão para proveito único do ser humano é algo que pertence a uma mentalidade antiga e retrógada, repleta de pensamentos egocêntricos de que por sermos uma raça "superior" podemos fazer das "inferiores" o que necessário fôr para atingirmos um objectivo.

Está mal, e condeno com todas as letras. Porquê? Porque não existe necessidade. Aceitar um cão pelo que ele é, é não só a melhor lição mas a mais nobre de todas. Se ele mesmo sendo treinado desde novo, não preenche os pontos todos para se tornar um cão de assistência (por exemplo) então não desistam dele, desistam apenas da ideia do cão de assistência, e não lhe administrem choques eléctricos para que ele pare de perseguir pássaros apenas porque nós investimos tanto nele e ele tem que fazer o trabalho para o qual foi criado. Pois mas Deus nós não somos, e mais cedo ou mais tarde paga-se caro por se querer preencher esse papel.

Vejam este vídeo e entendam melhor do que falo. Comentem...



Comentários

Deborah Leão disse…
Claudia, que vídeo mais emocionante... Linda história, e uma lição para todos nós que, muitas vezes, queremos que nossos cães sejam o que não são. Obrigada por compartilhar!
FoXy disse…
UAU. Sem palavras para este video
José Dores disse…
Bem... o que dizer... este video mata-me.
Personifica ou é o exmplo perfeito do porque do "treino positivo", nós domesticámos estes animais para nos servir, eles fazem-no de forma ilimitada e no entando nós exigimos ainda mais... ao ponto de dar-lhes um choque para fazer um deita mais bonito e ganhar uma medalha que não é do interesse do cão... amem os vossos cães e depois treinem-nos, não queiram fazer ao contrário!

Parabéns amiga!

Mensagens populares deste blogue

5 mitos do cão "agressivo"

NÃO QUEIRA UM CÃO DE GUARDA Por Claudia Estanislau

Estimulação Mental com a Amanda