Cães Acorrentados




Texto retirado de Unchain Your Dog

Está preocupado com um cão acorrentado no pátio ou jardim de alguém? Existem muitas coisas que pode fazer para melhorar a vida desse cão!


A primeira coisa a fazer é aprensentar-se e conhecer os donos do cão. Traga um amigo por motivos de segurança, e bata à porta. É muito importante ser-se muito simpático e amigável, e respeitar os donos do cão. Ofereça um pacote de guloseimas para cão ou ração para quebrar o gelo.
Lembre-se de referir que tudo o que está a oferecer é grátis. Toda a gente gosta de coisas grátis!


Começe por se apresentar.

Depois diga algo como:


  • "Sou voluntária/o numa associação de ajuda aos animais e vim oderecer alguns recursos grátis para o seu cão ( mesmo que não seja membro de uma associação, a maioria das pessoas reconhece os voluntários destes locais como alguém que gosta e se preocupa com os animais). Eu moro na área e vi o seu cão no seu quintal. Eu tenho uma casota extra e se quiser posso dar-lhe."

  • "Eu notei que tem o seu cão atado a uma corrente. Tenho certeza que ele iria adorar poder exercitar-se, mas você deve ter uma vida muito ocupada, o tempo não d´para tudo, mas se quiser eu posso vir cá algumas vezes por semana e passear o seu cão por si, já que tenho mais tempo livre. "

  • "Eu adoro (diga a raça se existir uma ou diga só que o cão é muito bonito). O meu morreu recentemente e tenho muitas saudades dele. Será que posso ir conhecer o seu cão? Como é que ele se chama? "

  • "Eu tenho um amigo que tem uma companhia de construir cedações e posso provavelmente arranjar algum material e dar-lhe se quiser construir uma vedação para o seu cão."
  • "Eu tenho um amigo que tem uma companhia de construir cedações e posso provavelmente arranjar algum material e dar-lhe se quiser construir uma vedação para o seu cão. "


  • Se o dono se mostrar receptivo, pergunte se pode ir conhecer o cão. Pergunte o nome do cão. Isto irá dar-lhe a oportunidade de conhecer o cão e o dono e saber porque é que o cão está atado a uma corrente. Por vezes é possível ajudar a resolver o problema. Por exemplo, se o cão está atado a uma corrente para não ter contacto com outros cães e procriar, investigue preços de esterilizações ou tente esterilizar o cão da pessoa.

    Se o cão está atado porque salta as vedações, ofereça para colocar extensões nas mesmas de forma a conter o cão. Se o cão está atado porque os donos nunca na realidade quiseram um animal, ofereça para procurar uma nova casa para aquele cão.


    Leve consigo algum material de leitura para poder dar aos donos se puder.



    SEJA CONSTRUCTIVO E NÃO CRÍTICO


    Se o cão estiver muito magro, infestado com parasitas , etc.. NÂO SEJA CRÍTICO com o dono. Você não quer que ele se zangue. Ofereça apenas produto grátis para as pulgas ou carraças da próxima vez que visitar, e traga ração consigo e sugira colocar-lhe mais comida, “ele vai ficar mais bonito se engordar um bocadito mais”. Ou diga que gosta de pentear cães e sugira passar lá algumas vezes e dar banho ao cão e limpar o seu pelo.



    Assim que conhecer o dono, tente manter uma boa relação. Deixe gusoleimas para o cão, brinquedos etc.. Visite algumas vezes, ofereça para levar o cão a passear ou ao veterinário.
    Eventualmente o dono pode concordar que você leve o cão consigo. Apesar de que alguns cães que estão presos são agressivos, outros, podem tornar-se perfeitamente capazes de serem readoptados com algum treino e carinho. Por vezes o dono pode querer vender o cão a si, mas apenas o compre, depois de se certificar que o dono não vai a seguir e compra outro!


    Algumas pessoas roubam os cães de forma a dar-lhes uma vida melhor. O problema é que os donos podem ir obter outro cão qualquer ou um cachorro para o substituir. Para além de que os cães são considerados uma propriedade e como tal roubar é crime.


    A QUESTÃO DO CÃO DE GUARDA

    Algumas pessoas acorrentam os seus cães, para ter cães de guarda. Explique que cães acorrentados não são bons cães de guarda. Estes podem tornar-se agressivos,mas não protectivos. Um cão agressivo pode atacar qualquer pessoa, uma criança que more na zona, o carteiro ou o canalizador. A melhor forma de termos um cão de guarda que saiba distinguir amigo de inimigo é socializar o cão desde novo e trazê-lo para casa como parte da família.



    OS DOIS PRINCIPAIS OBJECTIVOS

    Deve manter dois objectivos em mente quando fala com donos de cães acorrentados:

    1. Educar os donos de forma a que ele veja o seu cão de uma nova forma, como um animal que precisa de atenção, amor, e cuidados. Com sorte, ele aprenderá a tratar os seus cães melhor no futuro.


    2. Ajudar o cão um bocadinho é melhor do que nada. Você pode não convencer o dono a dar o cão. Você pode não convencê-lo a colocar uma vedação. Mas mesmo que tudo o que consiga é dar uma casota decente ao cão, uma coleira melhor e alguns brinquedos, isso é sucesso e a qualidade de vida do cão melhorou.


    Veja o vídeo aqui

    Comentários

    Mensagens populares deste blogue

    5 mitos do cão "agressivo"

    NÃO QUEIRA UM CÃO DE GUARDA Por Claudia Estanislau

    Estimulação Mental com a Amanda